Países da OTAN assinam protocolo de adesão de Montenegro à aliança

© AFP 2022 / GEORGES GOBETBandeira de OTAN
Bandeira de OTAN - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os ministros das Relações Exteriores dos países-membros da OTAN assinaram nesta quinta-feira (19) o protocolo de adesão de Montenegro à aliança do Norte. A decisão confere a Montenegro o estatuto de observador nas reuniões da OTAN.

A cerimônia de assinatura do documento contou com a presença do primeiro-ministro de montenegrino Milo Djukanovic. Para que Montenegro seja oficialmente aceita na OTAN, o protocolo precisa ser ratificado por todos os 28 países-membros da aliança.

Bandeira de Montenegro - Sputnik Brasil
Por ora demora: Adesão à OTAN pode demorar 1,5 ano em Montenegro
O prazo para que isso aconteça, é incerto. O representante permanente dos EUA na OTAN, Douglas Pour, destacou que antigamente o procedimento de ratificação levava alguns meses. Djukanovic, por sua vez, chegou a declarar em março deste ano que o seu país pode se tornar um membro pleno da aliança em meados de 2017.

A oposição de Montenegro continua se posicionando de forma contrária à adesão, exigindo a renúncia do primeiro-ministro do país, a formação de um governo de transição e a convocação de novas eleições parlamentares, com a organização posterior de um referendo sobre a entrada no país na OTAN.

Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 25 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Maria Zakharova: ingresso de Montenegro na OTAN não ficará sem resposta de Moscou
De acordo com uma pesquisa de opinião pública divulgada pela oposição nesta quarta-feira (18), 54,7% da população do país são contrários aos passos dados pela OTAN para incluir Montenegro em sua aliança militar, enquanto 57,9% defendem a realizada de um referendo nacional sobre o assunto.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала