'Dependência de sexo e terror': ex-amante espalha segredos da família Clinton

© REUTERS / Lucas JacksonHillary Clinton, candidata democrata para as eleições presidenciais de 2016 nos EUA.
Hillary Clinton, candidata democrata para as eleições presidenciais de 2016 nos EUA. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-presidente dos EUA Bill Clinton tem sido dependente de sexo e Hillary Clinton aterroriza as ex-amantes do marido.

Isto é afirmado por Dolly Kyle, uma advogada da cidade de Dallas, que trabalhou com Bill Clinton e provavelmente teve com ele um relacionamento íntimo.

A presidenciável do Partido Democrata na corrida eleitoral dos EUA, Hillary Clinton - Sputnik Brasil
#Fora Hillary: usuários do Twitter se unem contra presidenciável democrata
A família de Kyle trabalhou com Clinton durante mais de 30 anos. O irmão da advogada chegou a ajudar a carreira de Bill Clinton já em 1970, escreve a revista Online-Magazin Breitbart.

A própria Dolly Kyle sustenta ter tido um relacionamento romântico com Bill Clinton entre 1970 a 1991.

Numa entrevista, Kyle disse que Bill Clinton uma vez lhe deixou escapar um segredo: ele teve contato íntimo com mais de 2000 mulheres e é um dependente do sexo. Mas isso não é tudo.

"Quanto a Hillary, ela é uma terrorista", disse Kyle citada pelo jornal. Para alcançar os seus objetivos políticos, a atual candidata ao cargo presidencial, de 68 anos de idade, aterroriza as ex-amantes a tal ponto que elas nunca irão dizer a verdade.

De acordo com Kyle o principal objetivo de Hillary Clinton é chegar à Casa Branca e, portanto, ninguém faz nada contra a "peculiaridade" do seu marido. "Se Bill teve relações sexuais com 2000 mulheres e nós apenas sabemos cerca de uma dúzia delas, onde estão as outras? Elas tremem de medo, provavelmente", diz Kyle.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала