Casa Branca admite a possibilidade de novos ataques aéreos contra Daesh na Líbia

© AP Photo / Carolyn KasterWhite House press secretary Josh Earnest speaks during the daily news briefing at the White House in Washington
White House press secretary Josh Earnest speaks during the daily news briefing at the White House in Washington - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os EUA, em caso de necessidade, planejam novos ataques aéreos contra Daesh em território líbio, declarou o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest.

Um militante das forças de autodefesa da Líbia olha o mar Mediterrâneo desde o litoral de Benghazi (2011, foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Fim do embargo: Líbia poderá comprar armas para combater o Daesh
"Os EUA já realizaram ataques contra alvos do Daesh na Líbia e, quando for necessário realizar ataques adicionais, para proteger americanos, farão isso novamente sem hesitar", disse Earnest. 

"O presidente já emitiu ordens de ataque às instalações militares do Estado Islâmico na Líbia antes, e isso continua sendo uma opção possível. No entanto, isso não acontecerá de modo a substituir o desenvolvimento das capacidades do governo central, para que o mesmo garanta a segurança do país e combata o Estado Islâmico", adicionou o oficial do governo norte-americano.

Earnest comentou o anúncio sobre a retirada parcial do embargo de armamentos adotado contra Tripoli, feito em Viena nesta segunda-feira. Segundo o secretário de Estado, John Kerry, o embargo de armamentos continuará em vigor, mas com excessões, de modo a permitir a venda de armas necesssárias para o combate com o Daesh e outros grupos terroristas.

Soldados do exército líbio durante patrulha em Bengazi - Sputnik Brasil
ONU prepara nova resolução sobre tráfico ilegal de armas na Líbia
Earnst interpretou a retirada do embargo como um sinal de apoio da comunidade internacional ao novo governo líbio.

A partir de 31 de março, um novo governo de unidade nacional começou a operar no país, sob a liderança do primeiro-ministro Fayez al-Sarraj. O novo governo espera restaurar a unidade do país que, desde a queda do regime de Muammar Kadhafi, em 2011, vive em estado de caos político e institucional. Algumas regiões da Líbia encontram-se sob o controle de grupos terroristas. 

Sérvia: albaneses de Kosovo combatem nas fileiras do Daesh na Síria

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала