Ameaças externas fazem Rússia estudar nova legislação

© Sputnik / Sergei Mamontov / Abrir o banco de imagensDmitry Rogozin durante um evento na Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo)
Dmitry Rogozin durante um evento na Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo da Rússia prepara nova legislação que facilitará o combate a ameaças globais, declarou o vice-premiê russo, Dmitry Rogozin, nesta sexta-feira (13).

A nova base legislativa será pronta até novembro do ano corrente e permitirá ao país responder de forma flexível e efetiva à qualquer ameaça externa, informou Rogozin a jornalistas após a reunião com o presidente russo Vladimir Putin e oficiais da Defesa russa.

"É óbvio na situação atual global que nós precisemos ficar prontos a qualquer senário de ações, e o fato de ficar pronto para combater diferentes ameaças em si mesmo poderia ser importante parte do combate a estas ameaças," disse.

Ainda de acordo com ele, previamente apresentar esta ideia foram analisados os todos os dados de prontidão de empresas da indústria militar à mobilização e agora serão criados vários documentos normativos, quer dizer "a base legislativa que permitirá o nosso país [Rússia] a responder a qualquer conflito com a flexibilidade e eficiência máximas".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала