Atividades militares navais dos EUA levam China a intensificar defesa

© Foto / Marinha dos EUA / David MercilNavios de guerra dos EUA no Mar do Sul da China
Navios de guerra dos EUA no Mar do Sul da China - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O aumento do patrulhamento dos EUA no Mar do Sul da China só reforçou a intenção de Pequim de acelerar a sua defesa através do desenvolvimento da sua infraestrutura militar, afirmou na quarta o ministro da Defesa chinês.

As tensões sino-americanas escalaram na terça depois de um destróier dos EUA se ter aproximado a 12 milhas náuticas de um recife controlado pela China, levando Pequim a colocar caças em alerta.

Iran's President Hassan Rouhani gestures at the conclusion of his press conference, in Tehran, Iran, Sunday, Jan. 17, 2016. The implementation of a historic nuclear deal with world powers is expected to pave the way for a new economic reality in Iran, now freed from harsh international sanctions - Sputnik Brasil
Enquanto os EUA querem fatia do bolo iraniano, Rússia e China recebem apoio
O porta-voz do Ministério chinês das Relações Exteriores, Lu Kang, disse na terça-feira que o destróier William P.Lawrence entrou ilegalmente nas águas territoriais chinesas perto do recife de Fiery Cruz Reef.

O ministro afirmou em comunicado que “esta ação só mostra ainda mais a necessidade de a China construir estruturas de defesa nesta área”.

A China já tem uma pista de 3048 metros no recife, sendo este também disputado pelo Vietnã e pelas Filipinas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала