EUA não planejam cooperar com a Rússia para defender Palmira dos terroristas

© Ministério da Defesa da RússiaBandeira da Rússia tremula em Palmira
Bandeira da Rússia tremula em Palmira - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O porta-voz oficial da Casa Branca, Josh Earnest, declarou nesta quarta-feira (11) que os EUA não planejam cooperar com a Rússia na defesa da histórica cidade síria de Palmira contra possíveis ataques do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico).

“Durante algum tempo nós mantemos contato para discutir a diminuição da escalada entre os EUA e Rússia no espaço aéreo do Iraque e da Síria. Mas essas consultas não chegaram a culminar em qualquer tipo de cooperação militar. E eu não espero que algo mude” – disse Earnest ao comentar o tema de Palmira durante uma entrevista coletiva.

Apesar disso, o porta-voz destacou que os EUA “não querem que os combatentes do Daesh tomem novamente o controle de uma cidade com tamanha importância histórica”.

A base aérea na Síria - Sputnik Brasil
Rússia criará base militar em Palmira, diz mídia
No final de março, as tropas sírias, apoiadas por milícias antiterroristas e pelas forças aeroespaciais russas, recapturaram a cidade histórica de Palmira, que estava sob o controle do Daesh desde maio de 2015. Neste meio-tempo, os jihadistas destruíram uma série de templos e monumentos locais sob o ímpeto furioso do Islã radical contra outras tradições religiosas, enquanto um antigo anfiteatro também foi usado para execuções públicas. Agora, a maior parte da cidade está em ruínas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала