Wi-Fi ‘perigoso’ provoca pânico entre passageiros de voo australiano

© AFP 2022 / GREG WOODAvião da empresa australiana Qantas
Avião da empresa australiana Qantas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O incidente aconteceu no aeroporto de Melbourne o último sábado (31). Uma passageira do voo QF481 de Melbourne para Perth da empresa australiana Qantas conseguiu detectar no seu iPhone um hotspot de Wi-Fi chamado “Mobile Detonation Device” (“Dispositivo Móvel de Detonação”, em português), informa o site West Australian.

De acordo com a agência, o comandante do avião avisou os passageiros sobre o incidente e informou que o dispositivo que estava oferecendo o hotspot suspeito precisava de ser localizado antes a decolagem da aeronave.

“O piloto nos comunicou o nome da rede de Wi-Fi e a tripulação começou a procurar o dispositivo. Ele falou que não decolaria até que o celular fosse entregado a ele”, disse um dos passageiros.

American Airlines - Sputnik Brasil
Avião da American Airlines faz pouso de emergência após se chocar com pássaro misterioso
Depois de meia hora de atraso, ninguém conseguiu achar o celular. As autoridades analisaram a intensidade de sinal de Wi-Fi e admitiram que o dispositivo pudesse ficar no terminal de passageiros e não no avião.

Alguns passageiros do avião não foram satisfeitos com a explicação das autoridades e decidiram desembarcar, o que levou a um atraso ainda maior do voo, porque a bagagem deles deveria ser retirada da aeronave.

Segundo a companhia aérea, no final das contas o avião aterrissou em Perth são e salvo com duas horas de atraso.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала