- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Deputado petista: Atos de Cunha relativos à votação do impeachment devem ser anulados

© Lula Marques/ Agência PTSupremo Tribunal Federal
Supremo Tribunal Federal - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
“Vou recorrer ao pensamento de Ruy Barbosa para expor minha opinião sobre a decisão do Ministro Teori Zavascki, determinando o afastamento de Eduardo Cunha: ‘Justiça tardia é injustiça’”, afirma o Deputado Paulão (PT-AL).

O parlamentar alagoano sustenta que “o Supremo Tribunal Federal já deveria ter afastado Eduardo Cunha, há muito tempo, da Presidência da Câmara dos Deputados e, conforme o Ministro Zavascki fez hoje, do seu mandato”.

Paulão enumera:

“Eduardo Cunha responde a vários processos no Supremo Tribunal Federal; Eduardo Cunha pressionou deputados durante o período de votação do impeachment da Presidenta Dilma Rousseff e do seu próprio julgamento pelo Conselho de Ética da Câmara; Eduardo Cunha fez vários estragos e, por tudo isso, é um anão político que não podia estar onde estava, na Presidência da Câmara dos Deputados.”

“Por isso”, conclui o Deputado Paulão, “dou toda a razão ao Ministro José Eduardo Cardozo, advogado-geral da União, que propôs perante o Senado Federal a anulação de todos os atos de Eduardo Cunha referentes à votação do impeachment na Câmara dos Deputados. Aliás, o Brasil tem neste momento dois irmãos siameses na política: Eduardo Cunha e Michel Temer. Ou melhor, Eduardo Temer e Michel Cunha.”

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала