Militantes da Frente al-Nusra violam regime de silêncio em Aleppo

© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensA cidade de Aleppo
A cidade de Aleppo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os militantes do grupo Frente al-Nusra continuam provocações na Síria para escalar a tensão nas regiões do norte da província de Latakia e na cidade de Aleppo. Como o resultado das ações dos terroristas, o regime de silêncio foi violado, disse o porta-voz do Ministério da Defesa russo, major-general Igor Konashenkov nesta quarta (4).

Cidade de Aleppo vista de um prédio arruinado - Sputnik Brasil
Frente al-Nusra ataca Aleppo lançando 60 mísseis
"Como o resultado dos ataques do grupo Frente al-Nusra no bairro Al-Zahra, assim como bombardeios pelos sistemas de lançadores múltiplos de foguetes de outros bairros da cidade, que causou um número de mortes de civis, o regime de silêncio em Aleppo foi interrompido <…> Atualmente, entre as autoridades da Rússia, EUA, liderança da Síria e representantes da oposição moderada continuam as consultas sobre o restabelecimento do regime de silêncio na cidade de Aleppo”, acrescentou Konashenkov.

Ele observou que a Rússia e os Estados Unidos, junto com a liderança da Síria e representantes da oposição moderada, tentavam estabelecer o regime de silêncio para 24 horas na cidade de Aleppo e nos arredores e depois prolongá-lo por mais dois dias.

O cessar-fogo na Síria entrou em vigor em 27 de fevereiro. A trégua não se estende à operação contra os grupos Daesh, Frente al-Nusra (divisão síria da Al-Qaeda) e outros grupos, reconhecidos como terroristas pelo Conselho de Segurança da ONU e proibidos na Rússia e em vários outros países.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала