Ex-premiê da França lista condições para levantamento das sanções contra Rússia

© Sputnik / Alexei Danichev / Abrir o banco de imagensFrançois Fillon, ex-premiê da França
François Fillon, ex-premiê da França - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-primeiro-ministro da França, atual deputado da Assembléia Nacional François Fillon, descreveu as condições que, na sua opinião, seriam necessárias para o levantamento das sanções contra a Rússia.

Para ele, a Europa deveria se unir à Rússia na luta contra o terrorismo na Síria e, caso a cooperação se mostrasse bem-sucedida, Bruxelas se veria forçada a levantar as sanções anti-russas.

A opinião foi expressa por Fillon durante o debate "Europa e Rússia: como sair da crise", realizada nesta sexta-feira (29) em Lausanne.

"Se nós acordássemos uma estratégia única para destruir o Daesh e para regular de forma política o conflito sírio, as sanções teriam que ser levantadas, já que não se pode manter sanções contra um país que é nosso aliado de luta" — declarou o ex-premiê.

A Assembleia Nacional da França - Sputnik Brasil
Revogação das sanções antirrussas na França pode dar bom exemplo
As relações entre a Rússia e o Ocidente deterioraram-se por conta da situação na Ucrânia. Em julho de 2014, a UE e os Estados Unidos aplicaram sanções pontuais contra certos indivíduos e empresas da Rússia. Em seguida, foram implementadas medidas restritivas em relação a setores inteiros da economia russa. Em resposta, a Rússia restringiu a importação de produtos alimentares de países que impuseram as sanções.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала