Revogação das sanções antirrussas na França pode dar bom exemplo

© AFP 2022 / JOEL SAGET A Assembleia Nacional da França
A Assembleia Nacional da França - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O chefe do Comitê para Assuntos Internacionais da Duma de Estado (câmara alta do parlamento russo), Aleksei Pushkov, acredita que os parlamentos de outros países da União Europeia podem seguir o exemplo da Assembleia Nacional (câmara baixa do parlamento) da França no caminho da revogação das sanções contra a Federação da Rússia.

Bandeira da UE - Sputnik Brasil
Europa pode revogar sanções antirrussas em junho, diz fonte
Os deputados da Assembleia Nacional da França realizaram a votação nesta quinta-feira (28) e, com a maioria dos votos, adotaram a resolução, proposta pela oposição, que chama o governo a abolir as sanções da UE contra a Federação da Rússia.

Pushkov afirmou que no momento é difícil dizer com certeza quais países seguem o exemplo da França.

“Eu admito que o exemplo francês pode ser contagioso, e eu não vou me surpreender se este tipo de resolução aparecer nos parlamentos da Hungria, Eslováquia, Grécia e Áustria, bem como na Itália. Para todos esses países, mesmo ao nível do poder executivo, varias vezes surgiram os pedidos de rever as sanções. Em particular, o presidente da Áustria, um oficial sênior do país, falou abertamente a favor da revogação das sanções”, disse Pushkov à emissora Rossiya 24.

O parlamentar observou que "seguidores podem aparecer".

Castelo Lastochkino Gnezdo (Ninho de Andorinhas) na Crimeia - Sputnik Brasil
Crimeia nunca voltará à Ucrânia
As relações entre a Rússia e o Ocidente deterioraram-se por conta da situação na Ucrânia. Em julho de 2014, a UE e os Estados Unidos aplicaram sanções pontuais contra certos indivíduos e empresas da Rússia. Em seguida, foram implementadas medidas restritivas a setores inteiros da economia russa. Em resposta, a Rússia restringiu a importação de produtos alimentares de países que impuseram as sanções. Moscou tem afirmado repetidamente que não tem interferência no conflito interno ucraniano e possui interesse na resolução pacífica do confronto.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала