NASA: EUA intentam terminar sua dependência de motores de foguetes russos

© AP Photo / Maxim MarmurFuncionários da empresa russa Energomash junto a motores de foguete RD-180, preparados para ser transportados para os EUA, Moscou, Rússia
Funcionários da empresa russa Energomash junto a motores de foguete RD-180, preparados para ser transportados para os EUA, Moscou, Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O programa espacial dos EUA está próximo do fim da dependência dos motores de foguetes russos RD-180 para lançar astronautas americanos à Estação Espacial Internacional (ISS na sigla em inglês), disse o chefe da agência espacial nacional dos EUA (NASA), Charles Bolden.

No presente, o programa espacial americano necessita os motores RD-180 russos para acionar os foguetes que transportam os astronautas à ISS a órbita baixa da Terra, que está a 200 milhas (321,87 km) sobre a superfície.

“Estamos prontos para terminar a nossa dependência da Rússia no assunto de lançamento dos nossos astronautas ao espaço”, afirmou Bolden na quarta-feira no Centro de Estudos Estratégicos Internacionais.

The first launch of the carrier rocket from the new Vostochny cosmodrome - Sputnik Brasil
Roscosmos: Primeiro lançamento do cosmódromo de Vostochny foi realizado com sucesso
Em abril 19, Frank Kendall, subsecretário do Departamento de Defesa de Aquisição e Logística, declarou que nos próximos cinco anos as forças americanas irão ter que comprar os motores russos RD-180 para os foguetes Atlas a lançar satélites ao espaço.

Entretanto, um número de senadores americanos, encabeçados por John McCain, está empurrando a terminar a dependência dos RD-180 muito mais rapidamente, mesmo no caso se o programa de desenvolvimento de motor americano custar $1 bi (R$3,5 bi) adicional, avisam os oficiais do Departamento da Defesa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала