Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

França construirá para a Austrália a frota de submarinos 'mais sofisticada do mundo'

© AFP 2021 / CHARLY TRIBALLEAUTécnico trabalha na construção do submarino nuclear "SNA Barracuda" em uma fábrica do grupo industrial francês DCNS
Técnico trabalha na construção do submarino nuclear SNA Barracuda em uma fábrica do grupo industrial francês DCNS - Sputnik Brasil
Nos siga no
O maior projeto de investimento público na área naval na história da Austrália, no valor de 50 bilhões de dólares australianos (cerca de US$ 38,57 bilhões), foi concedido à empresa francesa Direction des Constructions Navales Services (DCNS), que construirá 12 submarinos para substituir e duplicar a frota atual da Marinha Real australiana.

"A recomendação do competitivo processo de avaliação do painel, do departamento de defesa, dos peritos que o supervisionaram, foi que, inequivocamente, a oferta francesa representa as capacidades que melhor podem atender às necessidades únicas da Austrália", declarou o primeiro-ministro Malcolm Turnbull, citado pelo jornal The Australian.

Navio Fantasma - Sputnik Brasil
EUA lançam navio fantasma para vigiar submarinos russos e chineses
A alemã ThyssenKrupp Marine Systems e a japonesa Mitsubishi Heavy Industries também apresentaram propostas para ganhar o contrato.

Turnbull afirmou que "estes submarinos serão as embarcações de guerra mais sofisticadas que estão sendo construídas no mundo" e salientou que o novo contrato irá resultar na criação de mais empregos (pelo menos 2.800), já que os submarinos serão construídos no estaleiro da ASC em Adelaide, no sul do país. 

"Eles serão fabricados na Austrália, com empregos australianos, com aço australiano, aqui mesmo onde estamos”, garantiu o premiê.

Submarino da Marinha Real Britânica - Sputnik Brasil
Grã-Bretanha vai gastar mais 905 milhões em programa de submarinos nucleares
O projeto vencedor, batizado como “Shortfin Barracuda”, propõe uma versão diesel-elétrica de 4.500 toneladas do submarino de propulsão nuclear Barracuda de 4.700 toneladas, com tecnologia stealth. "Embora os detalhes exatos sejam confidenciais, a DCNS pode confirmar que o Shortfin Barracuda tem mais de 90 metros de comprimento e desloca mais de 4.000 toneladas quando submerso", revelou Sean Costello, CEO da DCNS Austrália, acrescentando que a previsão é de que o novo modelo permaneça em serviço até a década de 2060.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала