Câmara de Âmbar pode ter sido descoberta na Polônia

© Sputnik / Rudolf Kucherov / Abrir o banco de imagensCâmara de Âmbar que está sendo reconstruida no Palácio de Catarina
Câmara de Âmbar que está sendo reconstruida no Palácio de Catarina - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um grupo de cientistas poloneses anunciou que pode ter encontrado a famosa Câmara de Âmbar perdida, também conhecida como "A Oitava Maravilha do Mundo".

O monumento do século 18 Tsar Kolokol (Rei dos sinos) - Sputnik Brasil
Cientistas conseguiram recriar som do sino gigantesco do Kremlin
O desaparecimento da decoração de painéis em âmbar e espelhos folheados a ouro, pertencente ao Palácio de Catarina em Tsarskoye Selo, próximo de São Petersburgo, é considerado um dos mistérios da Segunda Guerra Mundial.

É conhecido que os nazistas enviaram toda a preciosa decoração para Konigsberg (atual Kaliningrado) onde ela esteve instalada e aberta para o público no Palácio de Konigsberg até à primavera (outono no hemisfério sul) de 1945.

Quando as tropas soviéticas começaram a se aproximar da cidade, os preciosos painéis foram embalados e levados a um lugar desconhecido.

North Korean subway commuters gather around a public newspaper stand on the train platform in Pyongyang (File) - Sputnik Brasil
Mistério subterrâneo de Pyongyang: fotos do metrô norte-coreano
Agora, cientistas da Polônia pensam ter achado o rasto do tesouro perdido. De acordo com a sua pesquisa recente, a obra em âmbar de artesãos russos e alemães pode estar no complexo de casamatas em Mamerki, perto da cidade de Wegorzewo.

Usando um georadar, lá foi detetada uma sala anteriormente desconhecida. A sala está emparedada e tem cerca de 2 a 3 metros de largura.

Os cientistas praticamente não duvidam que dentro desta esteja escondido algo muito valioso. É que, anteriormente, um idoso que vive perto do local já disseram  ter visto como os fascistas estavam escondendo algo.

“De acordo com as palavras desta pessoa, em inverno de 1944-1945 ele se tornou testemunha da entrada de caminhões alemães no território das casamatas. Após a partida dos caminhões, a sala foi emparedada”, informou assessoria de imprensa do Centro Cultural da Polônia em Kaliningrado.

Assim, o mistério parece ficar perto de ser revelado. Cabe mencionar que existem outras versões de localização dos painéis de âmbar – os nazistas poderiam os ter transportado para a América ou poderiam ter sido destruídos pelo fogo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала