Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Benjamin Netanyahu: 'Israel nunca sairá das Colinas de Golã'

© REUTERS / Carlos BarriaPrimeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu
Primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu - Sputnik Brasil
Nos siga no
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, realizou pela primeira vez na história uma reunião do Governo nas Colinas de Golã, durante a qual disse que Israel nunca abandonará o território, conquistado à Síria há quase meio século, e apelou à comunidade internacional a reconhecer esse fato.

Netanyahu prometeu a não criar obstáculos à regulação da crise no país vizinho, desde que o processo não prejudique os interesses de segurança de Israel.

"Eu decidi realizar a reunião do gabinete nas Colinas de Golã para transmitir uma mensagem clara: as Colinas de Golã ficarão para sempre nas mãos de Israel. Israel nunca sairá das Colinas de Golã", disse Netanyahu.

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel - Sputnik Brasil
Netanyahu: militares da Rússia e de Israel se reunirão para coordenar ações na Síria
"É hora de a comunidade internacional reconhecer a realidade e principalmente dois fatos fundamentais. O primeiro é que, independentemente de quem vai estar do outro lado da fronteira, esta não mudará. Segundo, a comunidade internacional… deve reconhecer finalmente que as Colinas de Golã permanecerão para sempre sob a soberania de Israel", disse o primeiro-ministro.

Israel ocupou as Colinas de Golã da Síria após a Guerra dos Seis Dias de 1967, que finalizou com o armistício sob controle militar israelense.

O país anexou unilateralmente as Colinas de Golã em 1981 — o que não é reconhecido internacionalmente — e já construiu mais de 30 assentamentos judaicos na área ao longo das últimas três décadas e meia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала