‘Não se esqueça de quem somos’: EUA telefonam para Ucrânia

© AP Photo / Anastasiia Sirotkina, PoolJoe Biden e Vladimir Groisman (Foto de arquivo)
Joe Biden e Vladimir Groisman (Foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-presidente americano, Joe Biden, passou um sermão no novo premiê ucraniano Vladimir Groisman.

O novo primeiro-ministro da Ucrânia, Vladimir Groisman, no centro da foto, saúda os deputados depois da sua nomeação, em 14 de abril de 2016. Ao lado dele, está Oksana Syroed, vice-presidente do parlamento ucraniano. À esquerda na foto, o presidente do parlamento, Andrei Parubiy - Sputnik Brasil
Adeus a Yatsenyuk: Ucrânia tem novo primeiro-ministro
Na conversa telefônica, o político americano parabenizou Groisman pela nomeação para o cargo do primeiro-ministro da Ucrânia. Biden também fez o político ucraniano lembrar que para conservar o apoio internacional, o novo governo da Ucrânia deve continuar com as reformas e cumprir as obrigações assumidas perante o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Além disso, Biden mencionou a necessidade de implementar os Acordos de Minsk e nomear um novo promotor-geral.

O conteúdo da conversa foi divulgado em um comunicado publicado no site oficial da Casa Branca, que diz também o seguinte:

“O vice-presidente reiterou mais uma vez o apego irrevogável dos EUA à prosperidade, soberania e integração territorial da Ucrânia”.

Na quinta-feira, a Suprema Rada (parlamento) da Ucrânia demitiu Arseni Yatsenyuk do posto do primeiro-ministro e escolheu Vladimir Groisman para o posto, anteriormente o presidente do parlamento. 257 deputados votaram a favor desta decisão, sendo 226 votos o mínimo necessário para que a decisão fosse tomada. 

Além disso, o Parlamento nomeou um novo governo, e adoptou o seu programa de ação.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала