Que não haja ilusões: ajuda financeira dos EUA à Ucrânia não cessa

Nos siga noTelegram
O lado ucraniano acordou em introduzir reformas no funcionamento da Guarda Nacional e do Serviço Estatal de Proteção de Fronteiras e, por isso, receberá 50 milhões de dólares de ajuda financeira dos Estados Unidos.

A informação foi divulgada pelo conselheiro do secretário da Defesa americano Michael Carpenter durante a reunião com o vice-ministro do Interior ucraniano Sergei Yarovoi, segundo informou o site oficial do ministério ucraniano.

"Os fundos serão alocados para comprar equipamentos e realizar reformas no sistema de administração", diz-se no comunicado.

Um homem usando o costume nacional ucraniano duratne o Dia da Independência em Kiev. Foto de arquivo 2014 - Sputnik Brasil
EUA anunciam condições para Kiev receber um bilhão
Em resposta, Yarovoi agradeceu a Carpenter por apoiar a Ucrânia não só nas relações político-diplomáticas, mas também na área da defesa, tendo o alto funcionário americano confirmado mais uma vez a intenção dos EUA de continuar apoiando a Ucrânia.

Mais cedo, o presidente dos EUA Barack Obama anunciou as condições para Kiev receber um bilhão de dólares em forma de empréstimo: entre elas está a formação de um novo governo na Ucrânia. A votação da nova composição do gabinete de ministros será realizada na Suprema Rada (parlamento) da Ucrânia nesta quinta-feira (14).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала