EUA posicionam bombardeiros B-52 no Qatar para luta contra o Daesh

© AFP 2022 / Paul CrockBombardeiro B-52 da Força Aérea dos EUA
Bombardeiro B-52 da Força Aérea dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O setor de Relações Públicas do Comando Central da Força Aérea dos EUA declarou que os bombardeiros estratégicos B-52 chegaram a uma base aérea no Qatar e se untarão à luta da coalizão contra o grupo terrorista Daesh no Iraque e na Síria.

Rebelde em frente à refinaria de petróleo, após captura pelas forças opositoras ao governo da cidade de Ras Lanouf, no Leste da Líbia - Sputnik Brasil
Rússia e Líbia manifestam preocupação com a expansão da influência do Daesh
“O B-52 vai fornecer precisão à coalizão e entregar o poder aéreo desejado. Como aeronave multifunção, o B-52 oferece diversas capacidade, inclusive o despejo de armas de precisão e a flexibilidade e a resistência necessárias para apoiar as prioridades dos comandantes e fortalecer o time da coalizão”, declarou o tenente-general Charles Q. Brown Jr., chefe do Comando Central da Força Aérea dos EUA e do Componente de Forças Aéreas Combinadas.

Os aviões aterrissaram na base aérea Al Uleid, no Qatar, segundo um comunicado oficial.

O B-52 é um bombardeiro pesado de longo alcance que pode realizar várias missões, incluindo ataque estratégico, interdição aérea e apoio a operações aéreas e marítimas.

O Daesh, grupo sunita radical, é atualmente uma das maiores ameaças à segurança mundial.  Nos últimos três anos, os extremistas conseguiram capturar grandes partes dos territórios de Iraque e Síria. Os jihadistas também vêm tentando aumentar sua influência no norte da África, especialmente na Líbia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала