Stoltenberg: OTAN pode cooperar com coalizão de países muçulmanos para combater o Daesh

© AFP 2022 / EMMANUEL DUNANDPrimeiro-ministro turco Ahmet Davutoglu e Secretário-Geral da OTAN Jens Stoltenberg durante a conferência de imprensa na sede da aliança, Bruxelas, Bélgica, 30 de novembro de 2015
Primeiro-ministro turco Ahmet Davutoglu e Secretário-Geral da OTAN Jens Stoltenberg durante a conferência de imprensa na sede da aliança, Bruxelas, Bélgica, 30 de novembro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
OTAN está pronta para cooperar com a coalizão de países muçulmanos no combate com o grupo terrorista Daesh, declarou nesta terça-feira o secretário-geral da aliança, Jens Stoltenberg.

Um soldado da OTAN - Sputnik Brasil
OTAN no Afeganistão: a missão foi em vão?
“Se a questão é sobre as nossas intenções com a coalizão muçulmana para confrontar o Daesh, a resposta será afirmativa”, disse Stoltenberg ao discursar durante a realização do Conselho Atlântico Norte, em Washington.

Ele saudou a intenção “dos países muçulmanos em se unir para combater o Daesh”. No entanto, o líder da OTAN frisou que a aliança “não exerce um papel direto” na coalizão antiterrorista internacional, mas destacou a participação de muitos membros da sua organização na incitava. 

Segundo Stoltenberg, “isso agrega uma grande vantagem à coalizão”, pois “a experiência dos membros da aliança será de muito proveito para a coalizão”.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала