Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Lula: Povo brasileiro está mostrando o quanto valoriza a democracia

© Instituto Lula / Roberto StuckertLula, ex-presidente do Brasil.
Lula, ex-presidente do Brasil. - Sputnik Brasil
Nos siga no
Milhares de pessoas se manifestaram ontem, em todo o Brasil, a favor da democracia e do mandato da presidenta Dilma Rousseff, em mais uma demonstração de repúdio à "forma absurda de querer tirar um governante que foi eleito pelas urnas democraticamente", como destacou a cientista política Maria do Socorro Sousa Braga, citada pela Agência Brasil.

No dia que marcou os 52 anos do golpe militar que mergulhou o país em 21 anos de ditadura, cerca de 150 mil ativistas, segundo números da Polícia Militar, de diferentes classes econômicas e políticas ocuparam as ruas de diversas cidades brasileiras em defesa do ideal democrático e contra a suposta tentativa de golpe que vem sendo organizada por grupos que pedem o impeachment da chefe de Estado do Brasil. 

Segundo Braga, que é professora da Universidade Federal de São Carlos (UFSCas), embora o contexto atual seja diferente do de 1964, o simbolismo desse último 31 de março teve um grande peso para expressar que as milhares de pessoas que foram protestar não aceitam a "reprise de um golpe às instituições democráticas".

Da mesma opinião da especialista e dos manifestantes, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que não participou presencialmente do ato de ontem em Brasília, como era esperado, publicou um vídeo nas redes sociais enfatizando o caráter democrático das manifestações contrárias à saída precoce de Dilma Rousseff, lembrando que a presidenta "não cometeu nenhum crime de responsabilidade". De acordo com Lula, "o povo brasileiro está mostrando o quanto valoriza a democracia, e se manifesta em defesa da Constituição, do Estado de direito e das conquistas sociais".

"Eu tenho certeza que essa energia nova, que vem do coração do Brasil, vai dar o impulso necessário para o País vencer a crise e retomar o caminho do desenvolvimento. Viva a liberdade, viva a democracia", concluiu o ex-presidente. 

Nesta sexta-feira, cerca de 3 mil pessoas foram às ruas em São Paulo para protestar contra todos os nomes de destaque do atual cenário político brasileiro, defendendo a realização de novas eleições gerais. Essa manifestação, convocada pela central sindical Conlutas (ligada ao PSTU), que também se opõe ao impeachment, tem como objetivo, segundo os organizadores, mostrar que o Brasil pode ter outras opções além de PT, PMDB, PSDB e seus respectivos membros. 

"As outras manifestações não tiveram a participação da classe trabalhadora. Quando você vai na base, você vê que o 'fora todos' é o verdadeiro sentimento do trabalhador brasileiro", declarou o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Antônio Ferreira de Barros, citado pela Folha de S. Paulo. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала