Moscou não dará passos para normalizar relações com Turquia

© AFP 2022 / ADEM ALTANPresidente russo Vladimir Putin durante a entevista coletiva conjunta com o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, Ancara, Turquia, 1 de dezembro de 2014 (foto de arquivo)
Presidente russo Vladimir Putin durante a entevista coletiva conjunta com o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, Ancara, Turquia, 1 de dezembro de 2014 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, disse que não pode haver nenhuma justificação para as ações das autoridades turcas atuais.

“Os países têm uma história ampla e rica”, os povos dos dois países, a Turquia e a Rússia, merecem relações normalizadas mas a Rússia não pode justificar o que foi feito, disse Zakharova.

“Se as autoridades turcas tomaram palavras sobre que a crise nas relações bilaterais tem um caráter temporário na sua conta, enganaram-se muito”, afirmou a diplomata russa.

O Su-24 russo derrubado pela FA da Turquia em 24 de novembro, 2015 - Sputnik Brasil
Assassino do piloto russo do Su-24 abatido é detido na Turquia
Segundo Zakharova, se calhar, as autoridades turcas têm o amor-próprio muito estranho e uma avaliação de si mesmo muito deturpada e por isso decidiram que depois de todos os crimes cometidos contra os militares russos e declarações sujas em relação à Rússia Moscou pode dar qualquer passos aproximar-se ao governo turco.

Vale lembrar que no dia 24 de novembro de 2015, um caça F-16 turco abateu um bombardeiro Su-24 russo com dois pilotos a bordo no espaço aéreo sírio quando este regressava à base de uma operação antiterrorista. Na ocasião, Ancara alegou que a aeronave russa havia entrado no espaço aéreo da Turquia. Tanto o Estado-Maior russo como o Comando de Defesa Aérea da Síria confirmaram que o jato russo nunca esteve no espaço aéreo da Turquia. As relações russo-turcas se deterioraram na sequência do abatimento do avião russo.

A Rússia já tinha apresentado as suas condições sob as quais as relações russo-turcas podem ser normalizadas: a Turquia deverá indenizar a Rússia pelo Su-24 abatido em 24 de novembro, apresentar desculpas pelo fato e garantias de que uma situação parecida será excluída no futuro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала