Aviação russa elimina mais de 60 terroristas em missão noturna na Síria

© Sputnik / Ministério da Defesa da Federação da Rússia / Abrir o banco de imagensUm bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria
Um bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Força Aeroespacial da Rússia eliminou mais de 60 combatentes do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) durante uma missão noturna na Síria, destruindo, entre outras instalações, quatro postos de comando, seis unidades de artilharia, três armazéns e uma instalação antiaérea.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (30) através de um boletim informativo emitido pelo centro russo para reconciliação síria e publicado pelo Ministério da Defesa da Rússia.

"Em condições noturnas a Força Aeroespacial da Rússia realizou 23 voos contra 54 alvos terroristas do Daesh, durante os quais foram destruídos: quatro postos de comando, seis unidades de artilharia, três armazéns com munições, dois armazéns com combustível, 18 veículos off-road com armamentos, uma instalação antiaérea e mais de 60 combatentes" – diz o comunicado.

Pessoal técnico militar russo faz manutenção de aviões Su-24 no aeroporto Hmeimim, na Síria - Sputnik Brasil
Não se trata de retirada total da aviação russa da Síria, diz chancelaria
Apesar de este mês a Rússia ter retirado grande parte de suas forças da Síria, um grupo da aviação russa continua prestando apoio ao exército do presidente Bashar Assad na luta contra grupos terroristas Daesh e Frente al-Nusra. A presença militar de Moscou na Síria começou em 30 de setembro de 2015, quando, atendendo a um pedido de Assad, o parlamento russo aprovou o envio da Força Aeroespacial ao país árabe.

A Síria vive uma guerra civil desde 2011. Um cessar-fogo negociado por Rússia e EUA entrou em vigor na Síria em 27 de fevereiro. A trégua teve o apoio do governo sírio e de dezenas de grupos de oposição, porém não contempla os grupos terroristas Daesh e Frente al-Nusra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала