Sapadores russos desativarão minas em Palmira

© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensParte histórica de Palmira destruída pelos terroristas do Daesh, Síria, 27 de março de 2016
Parte histórica de Palmira destruída pelos terroristas do Daesh, Síria, 27 de março de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia enviará equipamento especial e robôs para desativar minas em Palmira, disse o chefe do Estado-Maior russo Valery Gerasimov.

“Segundo a decisão do presidente russo, as tropas de engenharia, em particular, as unidades do Centro Internacional de Desminagem, realizarão a desativação de minas em Palmira”, disse Gerasimov aos jornalistas na segunda-feira (28).

Forces loyal to Syria's President Bashar al-Assad gather at a palace complex on the western edge of Palmyra in this picture provided by SANA on March 24, 2016. - Sputnik Brasil
A libertação de Palmira: bastidores da operação (VÍDEO)
De acordo com ele, “nos dias mais próximos desta semana será enviado para lá o necessário equipamento especial, robôs para desativar minas”.

O comando do Exército sírio informou no domingo (27) sobre a liberação de Palmira dos militantes do Daesh com o apoio da aviação síria e russa. Palmira esteve sob controle do Daesh desde maio de 2015. O grupo jihadista destruiu parte da cidade, que é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Especialistas divergem-se sobre o prazo de restauração de Palmira, de alguns anos até algumas dezenas de anos. Mais cedo, a diretora da UNESCO, Irina Bokova, disse ao presidente russo Vladimir Putin que a UNESCO começa elaborar projetos de preservação e restauração de restantes monumentos da cidade antiga.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала