Papa Francisco chama a combater terrorismo com ‘a arma do amor’

Nos siga noTelegram
Na sua mensagem tradicional de Páscoa no domingo (27) o Papa Francisco pediu que as pessoas em todos os lugares usem as "armas do amor" para lutar contra o mal da "violência cega e brutal", informou a Reuters.

"Que Ele, Jesus ressuscitado, nos aproxime nesta festa da Páscoa das vítimas do terrorismo, da forma cega e brutal de violência que continua a derramar sangue em diferentes partes do mundo", disse o pontífice, dirigindo-se a cerca de 35.000 peregrinos da varanda central da Basílica de São Pedro.

Ele mencionou as vítimas dos recentes ataques terroristas na Bélgica e também na Turquia, Nigéria, Chade, Camarões, Costa do Marfim e Iraque.

Pope Francis kisses the foot of a refugee during the foot-washing ritual at the Castelnuovo di Porto refugees center near Rome, Italy - Sputnik Brasil
Papa se ajoelha e beija pés de refugiados
"Com as armas do amor, Deus derrotou o egoísmo e a morte", acrescentou o Papa.

O Papa Francisco já tinha condenado os ataques terroristas em Bruxelas, colocando parte da culpa nos fabricantes de armas.

Hoje, 27 de março, os católicos de todo o mundo celebram a Páscoa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала