Ban Ki-moon visita Beirute e pede o fim da violência na Síria

© AP Photo / Martin MejiaSecretário-geral da ONU Ban Ki-moon
Secretário-geral da ONU Ban Ki-moon - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta sexta-feira em Beirute o fim da violência na Síria. Segundo Nações Unidas a guerra no país, já provocou 270 mil mortes nos últimos cinco ano do conflito e milhões de pessoas encontram-e na condição de refugiados.

Área controlada pelo Estado Islâmico em Kobani, na Síria - Sputnik Brasil
Ban Ki-Moon: crise síria é a pior desde a Segunda Guerra Mundial
"É tempo de acabar com a violência [na Síria], de pôr fim às injustiças e de dar às pessoas a oportunidade para construírem uma vida melhor", disse Ban Ki-moon aos jornalistas. O secretário-geral da ONU realiza visita oficial de dois dias ao Líbano.

"As Nações Unidas não pouparão esforços para pôr fim ao conflito na Síria nem para chegar a um acordo de paz justo e duradouro no Oriente Médio", afirmou Ban Ki-Moon.

Ban Ki-moon reuniu-se com os dirigentes libaneses em Tripoli, no Norte do país, e com famílias de refugiados sírios que vivem em condições precárias.

O secretário-geral da ONU estava acompanhado do presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, e do presidente do Banco Islâmico do Desenvolvimento, Ahmad al-Madani.

O Líbano recebeu mais de um milhão de refugiados sírios e cerca de 450 mil palestinos, segundo a ONU. Segundo a organização, isso representa a maior taxa de refugiados por habitante no mundo, informou Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала