Navio turco choca contra ponte em construção junto à Crimeia

© Sputnik / Mikhail Klimentyev / Abrir o banco de imagensA construção da ponte que ligará a península de Crimeia e a região de Krasnodar através do estreito de Kerch, ilha Tuzla, Rússia, 18 de março de 2016
A construção da ponte que ligará a península de Crimeia e a região de Krasnodar através do estreito de Kerch, ilha Tuzla, Rússia, 18 de março de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um navio graneleiro turco chocou contra um dos suportes da ponte temporária que está sendo construída no estreito de Kerch e que ligará a península da Crimeia à parte continental da Rússia.

“O graneleiro Lira, cujo capitão é um cidadão da Turquia, forçou os suportes da ponte temporária de trabalho no. 2. As estacas do suporte foram deformadas. A empresa construtora está avaliando o dano. O acidente não afetará os prazos de construção da ponte temporária, bem como da ponte principal”, informou o centro de relações públicas Krymsky Most (Ponte da Crimeia).

Assim será a ponte que ligará Crimeia à Rússia - Sputnik Brasil
Assim será a ponte que ligará Crimeia à Rússia
O navio, pertencente à empresa turca Turkuaz Shipping Corp., seguia sob bandeira panamenha.

Em resultado do acidente, nem o navio turco, nem a sua tripulação sofreram danos.

“O incidente será resolvido em tribunal”, disse o centro Krymsky Most.

A Agência Federal de Transporte Marítimo e Fluvial russa (Rosmorrechflot) confirmou que os trabalhos de montagem e construção não prejudicam a navegação.

As pontes temporárias estão construídas em direção uma da outra perpendicularmente ao canal navegável. O canal estará livre durante todo o período de construção, exceto no momento em que os arcos da ponte são construídos.

“Segundo o projeto, os suportes da ponte principal serão protegidos contra possíveis embates de navios por um sistema hidrotécnico especial <…>. Serão feitos de barras metálicas, com fundamentos em pedra e reforçados com concreto”, diz-se no comunicado do Krymsky Most.

Cidade de Sevastopol na Crimeia - Sputnik Brasil
EUA: Sanções antirrussas permanecerão até a ‘devolução da Crimeia’ à Ucrânia
A construção das pontes temporárias no. 2 e 3, necessárias para levar cargas e equipamento para os locais onde se realizam os trabalhos da ponte principal, deve terminar no verão do ano em curso. A primeira ponte ligando a península de Taman (na região russa de Krasnodar) e a ilha de Tuzla (localizada no estreito de Kerch entre a Crimeia e Taman), foi aberta em outubro do ano passado.

A ponte de Kerch será a ponte mais extensa na Rússia. O fim da construção da parte rodoviária e a sua abertura ao trânsito estão planejadas para dezembro de 2018, da parte ferroviária – para 2019.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала