- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Dois pesos, duas medidas: Moro decreta sigilo sobre superplanilha da Odebrecht

© Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil/FotosPúblicasJuiz federal Sérgio Moro
Juiz federal Sérgio Moro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O juiz federal Sérgio Moro decretou sigilo nesta quarta-feira (23) sobre as planilhas da Odebrecht que listam mais de 200 políticos de 18 partidos como supostos destinatários de valores da empreiteira, e determinou ao Ministério Público Federal que se manifeste “com urgência” sobre a “eventual remessa” do documento ao Supremo Tribunal Federal.

Ministro do STF Teori Zavascki - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Lava Jato: Teori sofre ameaças após privar Moro da investigação sobre Lula
As planilhas em questão foram apreendidas em fevereiro na Operação Acarajé – desdobramento da Lava Jato que, inicialmente, estava sob sigilo – na residência de Benedicto Barbosa da Silva Júnior, presidente da Odebrecht Infraestrutura.

Nesta quarta-feira, ao constatar, “em decorrência de notícias da imprensa”, que a documentação apreendida continha “listas com registros de pagamentos a agentes políticos”, o juiz decidiu restabelecer o sigilo nos autos.

“Prematura conclusão quanto à natureza desses pagamentos. Não se trata de apreensão no Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht e o referido Grupo Odebrecht realizou, notoriamente, diversas doações eleitorais registradas nos últimos anos”, argumentou Moro.

Momento em que me dei conta de que a trollagem será eterna! - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
As 11 mensagens mais engraçadas recebidas pela mulher que foi confundida com Lula
A jogada tem provocado indignação nas redes sociais. Muitos destacam o contraste evidente da posição do juiz diante de uma lista potencialmente explosiva para as investigações da Lava Jato – lista que envolve nomes como Aécio Neves, José Serra, Eduardo Cunha, Romero Jucá, Humberto Costa, Eduardo Campos (morto em 2014), Eduardo Paes, Renan Calheiros, Sérgio Cabral, Jaques Wagner e José Sarney, entre outros –, e sua decisão anterior, classificada ontem (22) como ilegal pelo ministro do STF Teori Zavascki, de divulgar à imprensa conversas de foro íntimo, sem relevância para as operações da Polícia Federal, incluindo grampos de ligações entre a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula.

O herói nacional mudou de posicionamento depois dos carões que recebeu do ministro Teori ou quer o sigilo porque não tem…

Posted by Rodrigo Cardoso on Wednesday, March 23, 2016
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала