Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Marcha em memória de vítimas da máfia reúne 350 mil na Itália

Nos siga no
Mais de 350 mil pessoas participaram nesta segunda-feira das manifestações do Dia Nacional da Memória das vítimas da máfia, realizadas em diversas partes da Itália por iniciativa da associação Libera.

Roma, Itália - Sputnik Brasil
'Iate do Amor' de Mussolini é apreendido em investigação sobre a máfia italiana
"Os partidários da Libera saíram hoje às ruas de Messina (Sicília) e de outras 20 cidades e localidades do nosso país", disse o presidente da entidade, o padre católico Luigi Ciotto.

Segundo o sacerdote, a ação teve como título 'Pontes da memória e lugares de compromisso', pensado da necessidade italiana por "pontes e lugares que despertem a consciência e tragam esperança". 

Ciotto recordou que em 1996, também por iniciativa da Libera, um milhão de assinaturas foram coletadas na Itália a favor do confisco de propriedades da máfia, transformadas em locais de uso público.

"Desde aquele momento, foram dados passos importantes, mas é preciso acelerar esse processo e determinar as prioridades. Necessitamos realizar na Itália uma reforma, a reforma da nossa consciência", destacou. 

A marcha principal em memória das vítimas da máfia foi realizada em Messina, onde 30 mil ativistas, principalmente estudantes e pesquisadores, leram os nomes das 900 pessoas assassinadas pelas organizações criminosas da Itália e pediram união contra o crime organizado e a corrupção. Outros eventos foram realizados em Roma, Milão, Nápoles, Turim, Florença e outras cidades do país. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала