Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

‘Retirada russa da Síria pode levar ao fim das sanções europeias’

© Sputnik / Vladimir Sergeev / Abrir o banco de imagensBandeiras da Rússia e UE
Bandeiras da Rússia e UE - Sputnik Brasil
Nos siga no
A decisão da Rússia de começar a retirada do grupo das Forças Aeroespaciais da Síria pode tornar-se o “prólogo” para o levantamento gradual das sanções contra Moscou, diz uma fonte diplomática em Bruxelas à RIA Novosti.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou que o Ministério da Defesa do país inicie a retirada dos militares russos da Síria a partir desta terça-feira (15).

Presidente russo Vladimir Putin encontra-se com o líder da Síria Bashar Assad em 30 de outubro 2015, em Moscou - Sputnik Brasil
Assad agradece a Putin por ajuda na luta contra terrorismo
“Não excluo que a decisão das autoridades russas pode ser um ‘prólogo’ para o levantamento gradual das sanções contra a Rússia”, disse a fonte. 

Segundo ele, “em todos os casos, a Rússia voltou a ser um ator-chave no palco internacional”.

Moscou lançou sua campanha antiterrorista na Síria em 30 de setembro do ano passado, a pedido de Damasco, de acordo com as normas do direito internacional.

Desde então, a Força Aérea russa vem realizando ataques aéreos contra o Daesh (autodenominado Estado Islâmico) e outros alvos terroristas na região, eliminando equipamentos militares, centros de comunicação, veículos, armas e depósitos de combustível.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала