Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Reino Unido adota modelo soviético de educação

© Sputnik / Aleksandr Makarov / Abrir o banco de imagensAlunos da escola 18, especializada em ciências exatas, discutem um problema de matemática (foto de arquivo)
Alunos da escola 18, especializada em ciências exatas, discutem um problema de matemática (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os ministros e secretários do Reino Unido estão discutindo as opções para melhorar a educação nacional.

Universidade Estatal de Moscou - Sputnik Brasil
Rússia convida 15.000 jovens estrangeiros a estudarem gratuitamente
O jornal The Independent sugere que o modelo soviético, inicialmente implementado há 50 anos pelo matemático Andrei Kolmogorov, pode ser o próximo modelo a seguir dos educadores britânicos.

"Primeiro, a Suécia foi o país a ser seguido, quando o ex-secretário da Educação, Michael Grove, estava entusiasmado por escolas livres. Depois, o foco de atenção mudou para Xangai, e em seguida surgiu uma iniciativa de melhorar o padrão de estudos matemáticos nas escolas primárias convidando professores chineses para o Reino Unido", diz o artigo.

O jornal britânico cita o objetivo principal de Kolmogorov: assegurar que apareça uma "nova geração de matemáticos excelentes". O resultado provou ser positivo, e o nível de ensino superior obtido na URSS tem sido reconhecido pelo mundo como realmente superior.

© Sputnik / Sharando / Abrir o banco de imagensAndrei Kolmogorov durante uma aula (foto de arquivo)
Andrei Kolmogorov durante uma aula (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Andrei Kolmogorov durante uma aula (foto de arquivo)

A estratégia usada por Kolmogorov foi estabelecer escolas especializadas na área da matemática. É esta também a estratégia adotada pelas autoridades britânicas.

Jovens de 16-18 anos que sentem paixão pelas ciências exatas poderão escolher uma escola especial — e não precisamente no território nacional: para eles, o curso de matemática pode significar a primeira experiência de mobilidade acadêmica.

No momento, existem duas escolas deste tipo no Reino Unido: o King´s College em Londres e o Exeter College. Ambas foram criadas em 2014.

A iniciativa já parece ter pegado: o ingresso nas duas escolas tem três candidatos por vaga. Além de tudo, a educação lá é de graça.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала