Conselho de Segurança da ONU elogia retirada de forças russas da Síria

Nos siga noTelegram
Os membros do Conselho de Segurança da ONU avaliaram de forma positiva a decisão do presidente da Rússia Vladimir Putin em iniciar a retirada de forças russas da Síria, declarou nesta segunda-feira (14) o representante permanente da Angola junto às Nações Unidas (e presidente do Conselho de Segurança da ONU em março) Ismael Gaspar Martins.

“Tomamos conhecimento da boa decisão da Rússia em iniciar a retirada de parte de suas forças” – disse Martins ao fim de uma reunião do Conselho. “A retirada de forças significa que a guerra tomou um outro rumo” – completou.

Respondendo a pergunta de jornalista sobre quais membros do Conselho de Segurança elogiaram a decisão de Moscou, Martins disse: “todos nós enxergamos isso de forma positiva”.

Um bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria - Sputnik Brasil
Opinião: Rússia pode manter luta contra Daesh após retirada de forças da Síria
Nesta segunda-feira (14) o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou o início da retiradas das tropas russas da Síria a partir de 15 de março, considerando os objetivos cumpridos.

A Rússia iniciou as operações militares na Síria em 30 de setembro de 2015, após o pedido do presidente Bashar Assad para atacar posições do grupo Daesh (Estado Islâmico) e da Frente al-Nusra. Paralelamente, uma coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos realiza ataques contra essas organizações terroristas sem a autorização do governo sírio.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала