Rapaz morto assiste a seu próprio funeral (VÍDEO)

© REUTERS / Antonio ParrinelloPallbearers prepare the coffins of 13 unidentified migrants who died in the April 19, 2015 shipwreck, at an inter-faith funeral service in Catania, Italy July 7, 2015
Pallbearers prepare the coffins of 13 unidentified migrants who died in the April 19, 2015 shipwreck, at an inter-faith funeral service in Catania, Italy July 7, 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A família de Fernando de Jesus Diaz Beato, um jovem porto-riquenho de 26 anos, decidiu fazer uma cerimônia fúnebre original nesta quinta-feira (10) do seu filho que morreu este mês em um tiroteio.

No velório na capital do Porto Rico, San Juan, organizado pela funerária Marin Funeral Home, o jovem falecido não estava colocado no caixão mas sim sentado em uma cadeira, com olhos abertos, vestindo roupa esportiva e com um cigarro nas mãos. 

A sua irmã, Ihizz Diaz Beato, explicou a decisão da família:

“Não queríamos vê-lo jazendo em um caixão. Queríamos algo diferente. E, para além disso, queríamos que ele fosse lembrado pelos amigos e a família tal como era quando estava vivo”.

Apesar de o dono da Marin Funeral Home, Damaris Marin, dizer que não é a primeira cerimonia fúnebre organizada pela sua funerária, esta cerimonia recebeu “uma reação impressionante” por parte do público porque os olhos do cadáver estavam abertos. 

“Todos ficaram realmente surpreendidos porque vê-lo assim era vê-lo como se fosse vivo”, acrescentou a irmã do falecido.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала