Com rádio de nova geração, exército russo superará ‘zonas mortas’

© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensSoldados russos durante exercícios militares na região da cidade de Chelyabinsk. Foto de arquivo
Soldados russos durante exercícios militares na região da cidade de Chelyabinsk. Foto de arquivo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os novos aparelhos de rádio oferecerão a possibilidade de escolher rotas de comunicação otimizadas, além de testes automáticos e restauração de capacidade operacional.

O sinal do aparelho novo cobre uma distância de até 600 km sem "zonas mortas".

O emblema do Ministério da Defesa russ, 25 de outubro, 2012 - Sputnik Brasil
Orçamento russo para Defesa será reduzido em 5%, não 10%
A produção em série da nova geração de rádio para o exército russo será lançada em 2017, divulgou nesta sexta-feira (11) a Corporação Unida de Produção de Instrumento (cuja sigla em inglês é UIMC e que faz parte da corporação estatal russa Rostec).

A empresa também divulgou que a nova tecnologia pode operar em terreno íngreme, consideravelmente afastado da civilização e em condições difíceis,  inclusive nas de aplicação de aparelhos de guerra eletrônica pelo adversário.

“UIMC completou o desenvolvimento de uma nova geração de rádio portátil para o exército, as forças de segurança, o Ministério para as Situações de Emergência”, diz-se no comunicado da empresa.

A inovação chegará para substituir a técnica antiga e obsoleta de prévias gerações.

A Rússia atualmente está no meio da implementação do programa de larga escala de rearmamento, anunciada em 2010, na qual é prevista a distribuição de equipamento de comunicação e deve atingir 70% até 2020.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала