Rússia visa desintegrar OTAN?

© AFP 2022 / MAXIM AVDEYEVBandeira da OTAN é queimada durante protestos na Rússia
Bandeira da OTAN é queimada durante protestos na Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na sua entrevista coletiva desta sexta-feira (11) a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, comentou a situação ao redor de ações agressivas contra missões diplomáticas russas na Ucrânia e tocou no assunto de relações entre a Rússia e a OTAN.

Marcas de tinta e ovos no edifício da embaixada russa em Kiev, Ucrânia, 9 de março de 2016 - Sputnik Brasil
Ucrânia deverá pagar compensação pelo que fez
Ataques contra missões diplomáticas russas na Ucrânia

A diplomata afirmou que a chancelaria russa enviou para o Ministério das Relações Exteriores ucraniano uma nota na qual atrai atenção das autoridades ucranianos aos casos de ações provocatórias dos extremistas contra missões diplomáticas da Rússia em Kiev, Lvov, Odessa e Kharkiv.

“A parte russa exigiu que Kiev responsabilizasse e punisse todas as pessoas envolvidas nas ações agressivas”, disse Zakharova.

Protestos na Ucrânia. Foto de arquivo - Sputnik Brasil
Embaixada da Rússia em Kiev é atacada
A diplomata russa citou a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas de 1961 que prevê que o país anfitrião deve fazer todo o possível para garantir a segurança de missões diplomáticas que ficam em seu território.

Zakharova condenou a indiferença do Ocidente em relação às ações bárbaras contra diplomatas russas na Ucrânia.

© Sputnik / Anton Denisov / Abrir o banco de imagensRepresentante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 11 de março de 2016
Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 11 de março de 2016 - Sputnik Brasil
Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 11 de março de 2016

Relações com OTAN

Segundo a representante russa, o Secretário Geral da OTAN Jens Stoltenberg falsifica premeditadamente os dados sobre objetivos da operação da Força Aeroespacial russa na Síria.

Citou Stoltenberg, que dissera que a Rússia, com as suas ações, “tenta desintegrar a OTAN”.

Funcionários da Letônia durante cerimônia de hasteamento da bandeira da OTAN em frente ao Castelo da Presidência em Riga - Sputnik Brasil
OTAN reacende retórica antirrussa em período de cessar-fogo na Síria
Zakharova afirmou que a Rússia nunca visou desintegrar ou afetar de qualquer modo esta organização. Invés disso, segundo a diplomata russa, a Rússia sempre apelou para consolidar os esforços de toda a comunidade internacional de enfrentar desafios modernos.

“Apesar de declarações repetidas anuais que são inoportunas, agressivas e às vezes absurdas todas as vezes dizemos que não fechamos a porta [de cooperação]”, afirmou Zakharova. Por que fazemos isso. Porque pensamos que os países tão grandes como a Rússia e outros, em particular, os membros da aliança, devem perceber a sua responsabilidade perante os seus cidadãos e os cidadãos dos países pelos quais assumem a responsabilidade de prevenir ou cancelar crises internacionais”, disse Zakharova.

Na opinião da diplomata russa, Stoltenberg fecha os olhos sobre os esforços da Rússia na Síria visando colocar a culpa pelas ações absurdas dos membros da aliança no Oriente Médio e na África do Sul sobre a Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала