EUA e França farão voo de observação sobre território da Rússia

© U.S. Air ForceBoeing OC-135B Open Skies
Boeing OC-135B Open Skies - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O chefe do Centro Nacional russo para Redução do Risco Nuclear, coronel Ruslan Shishin, revelou que os EUA e a França realizarão um voo de observação sobre o território da Rússia, no âmbito do Tratado de Céus Abertos.

“No período entre 9 e 13 de março de 2016, no âmbito do Tratado de Céus Abertos, uma missão conjunta entre EUA e França realizará um voo de observação sobre o território da Rússia, a bordo do avião de observação americano OS-135B, a partir do aeroporto de Khabarovsk” – disse o coronel russo.

Durante todo o voo, especialistas russos irão acompanhar de perto, a bordo da aeronave americana, o rigoroso cumprimento do trajeto, dos parâmetros da missão e do uso de equipamentos segundo previsto nos termos do tratado.

Eclipse parcial do Sol em 2011, visto perto do Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Moscou denuncia duplos padrões da OTAN após proibição turca de voos de observação russos
O avião de observação Boeing OS-135B pertence a uma classe de aeronaves não destinadas ao uso de quaisquer tipos de armamento. A aeronave e os equipamentos de observação instalados na mesma foram submetidos a uma inspeção internacional com a participação de especialistas russos.

O Tratado de Céus Abertos foi assinado em março de 1992 e tornou-se uma das principais medidas de construção da confiança internacional na Europa pós-Guerra Fria. O documento entrou em vigor em 1º de janeiro de 2002 e atualmente conta com 34 Estados membros, incluindo a maioria dos países da OTAN, bem como a Rússia.

Basicamente, o tratado permite aos países participantes colher abertamente informações sobre as forças e atividades militares de cada um.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала