China está preocupada com bombardeiros estratégicos dos EUA na Austrália

© AFP 2022 / ARIS MESSINISBombardeiro B1 da Força Aérea dos EUA
Bombardeiro B1 da Força Aérea dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A China expressou preocupação pelas informações sobre os planos dos EUA de implantar seus bombardeiros estratégicos na Austrália.

A respetiva informação foi divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores chinês nesta quarta-feira (9).

Cidade de Sansha na ilha de Yongxing, também conhecida como ilha de Woody, no Mar do Sul da China - Sputnik Brasil
EUA incitam 'países da paz' contra mísseis de Pequim no Mar do Sul da China
A informação sobre os planos dos Estados Unidos foi divulgada na terça-feira (8) pela emissora ABC, que citou o general americano Lori Robinson da Força Aérea do Pacífico.

Os bombardeiros estratégicos são os bombardeiros de longo alcance B1.

Segundo o general americano, as negociações sobre a questão do envio de bombardeiros, em regime de rotação regular, estão em andamento.

Além disso, o general Robinson acrescentou que a Força Aérea dos EUA continuará a voar sobre as áreas disputadas no mar do Sul da China.

US Navy guided-missile destroyer USS Lassen - Sputnik Brasil
EUA continuarão desafiando as reclamações territoriais da China?
O porta-voz da chancelaria chinesa, Hong Lei, declarou a jornalistas que o seu país está “preocupado com estas informações”.

Ele também avisou que os Estados Unidos e a Austrália devem, por via da sua cooperação militar, proteger a paz e estabilidade na região, ao invés de minar os interesses de terceiras partes.

A China e os seus países vizinhos – Vietnã, Taiwan, Malásia, Brunei e Filipinas – têm várias disputas territoriais no mar do Sul da China.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала