Seul não confirma que Coreia do Norte pode equipar mísseis com ogivas nucleares

© AFP 2022 / YONHAPMilitares sul-coreanos e norte-americanos durante exercícios militares conjuntos da Coreia do Sul e EUA, cidade portuária de Pohang, Coreia do Sul, 7 de março de 2016
Militares sul-coreanos e norte-americanos durante exercícios militares conjuntos da Coreia do Sul e EUA, cidade portuária de Pohang, Coreia do Sul, 7 de março de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Seul ainda não pode confirmar que Pyongyang conseguiu reduzir o tamanho de suas ogivas nucleares e colocá-las em seus mísseis balísticos.

Míssil balístico da Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Coreia do Norte garante ter reduzido ogivas nucleares para equipar mísseis balísticos
Na terça-feira (8), o líder norte-coreano Kim Jong-un anunciou que o seu país reduziu o peso das ogivas nucleares para equipar os seus mísseis balísticos com elas, informou a agência noticiosa Yonhap.

“Pensamos que a tecnologia de reduzir armas nucleares do Norte atingiu um nível significativo…Entretanto, a Coreia do Sul e os EUA não têm quaisquer dados de inteligência confirmando que o Norte conseguiu colocar com sucesso ogivas nucleares em mísseis balísticos. Não há quaisquer sinais disso“, informou a Yonhap, citando um oficial do Ministério da Defesa sul-coreano, que permaneceu anônimo.

O Ministério analisou as fotos de uma suposta miniatura de ogiva publicada no jornal norte-coreana Rodong Sinmun na terça-feira (8) e percebeu que Pyongyang ainda não possui a tecnologia  para criar uma miniatura funcional.

Além disso, o presidente do Conselho de Comandantes das Forças Armadas da Coreia do Sul, Lee Sun-jin, afirmou que o país deve estar plenamente preparado para possíveis ataques de surpresa da parte norte-coreana.

“Precisamos nos manter alerta em relação às provocações do inimigo”, afirmou o militar sul-coreano durante a sua visita ao local onde se realizam os exercícios de grande escala entre a Coreia do Sul e os EUA.

Exercícios navais conjuntos entre EUA e Coreia do Sul - Sputnik Brasil
EUA e Coreia do Sul estariam preparando eliminação da liderança norte-coreana
Desde desta segunda-feira (7) 17 mil militares norte-americanos e 300 mil soldados sul-coreanos participam dos exercícios militares anuais para praticar a eliminação das alegadas armas nucleares da Coreia do Norte.

A Rússia, por sua vez, declarou que as ações militares de Washington e Seul na península coreana são de uma proporção sem precedentes, e criticou a pressão desproporcionada exercida sobre Pyongyang.

Os EUA intensificaram os esforços de implantação de armamento estratégico na Coreia do Sul em resposta às violações das resoluções da ONU por parte da Coreia do Norte, que recentemente realizou um teste nuclear e o lançamento de mísseis balísticos de longo alcance.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала