Chanceler: Arábia Saudita pode virar a página se Irã mudar suas políticas

© AFP 2022 / FAYEZ NURELDINEO chanceler saudita, Adel al-Jubeir, foi filmado durante a entrevista que concedeu à agÊncia AFP em 16 de fevereiro de 2016
O chanceler saudita, Adel al-Jubeir, foi filmado durante a entrevista que concedeu à agÊncia AFP em 16 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Arábia Saudita e outras monarquias do Golfo poderiam resolver virar a página e estabelecer relações sólidas com o Irã, no caso de Teerã desistir de se intrometer em assuntos alheios, segundo afirmou nesta quarta-feira o ministro saudita das Relações Exteriores, Adel al-Jubeir.

Bandeira da Arábia Saudita - Sputnik Brasil
EUA contam com Arábia Saudita para promover a decência no Oriente Médio
"Se o Irã mudar os seus modos e suas políticas, nada (nos) impediria de virar a página e construir o melhor relacionamento com base na boa vizinhança, sem interferência nos assuntos dos outros", declarou al-Jubeir em conversa com jornalistas em Riad.

"Não há necessidade de mediação nesse caso", disse o chanceler do país que rompeu os laços com o Irã em janeiro depois que várias representações diplomáticas do reino saudita foram atacadas na República Islâmica.

De acordo com o ministro, as relações bilaterais se deterioraram devido às políticas iranianas "sectárias" e ao apoio de Teerã "ao terrorismo e à implantação de células terroristas nos países da região". 

"O Irã é um país muçulmano vizinho que tem uma grande civilização e um povo amistoso, mas as políticas que se seguiram à revolução de Khomeini têm sido muito agressivas", opinou. 

Em 2 de janeiro, Riad anunciou a execução de 47 pessoas, incluindo o sheikh xiita Nimr al-Nimr, grande crítico das autoridades sauditas. A notícia provocou uma série de manifestações no Irã, especialmente nas cidades de Teerã (capital) e Mashhid, onde a embaixada e o consulado da Arábia Saudita foram parcialmente destruídos pelos manifestantes. No dia seguinte, o governo saudita convocou o embaixador iraniano para entregar uma nota de protesto, que foi seguida do rompimento das relações entre os dois países.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала