Militantes na Síria violam cessar-fogo 40 vezes

© AFP 2022 / STRINGERSoldados sírios nos arredores de Raqqa, Síria, 19 de fevereiro de 2016
Soldados sírios nos arredores de Raqqa, Síria, 19 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Mais de 40 casos de violação do regime de cessar-fogo foram relatados na Síria em dois dias. A informação é do chefe do centro russo para a reconciliação das partes em conflito na Síria, o tenente-general Sergei Kuralenko.

Avião Su-22 na base da Força Aérea síria na província de Homs, Síria, 21 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Força Aérea síria ataca terroristas pela primeira vez desde começo do cessar-fogo
“Nos dias 2 e 3 de março foram registradas 41 violações do regime de cessar-fogo por parte dos militantes de grupos terroristas”, disse ele. 

Foi relatado que nas cidades de Idlib e Damasco, por exemplo, foram sete violações, em Daraa e Homs houve quatro casos, e nas províncias de Latakia e El Kuneyro foram 5 atividades belicosas, entre outras. De acordo com Kuralenko, a situação mais difícil persiste na província de Aleppo, onde 13 casos de violações foram registradas.

De acordo com o representante das autoridades russas, em alguns casos, grupos armados de militantes operam a partir do território localizado na fronteira dos bairros, cujas coordenadas foram transferidas para o lado russo pelos parceiros dos EUA no final de fevereiro. Como é sabido, nesas áreas devem haver destacamentos, que acordaram o regime de cessar-fogo.

Kuralenko ainda observou que não houve ataques das forças aéreas da Rússia e da Síria sobre grupos armados que têm apoiado o fim das hostilidades. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала