EUA: armazenamento de armas nucleares fica US$ 4 bilhões mais caro do que o estimado

© Los Alamos National LaboratoryThe secretive US Los Alamos National Laboratory, the cradle of the American nuclear weapons program.
The secretive US Los Alamos National Laboratory, the cradle of the American nuclear weapons program. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O custo para armazenar e proteger todas armas nucleares de 2021 até 2025 será US$ 4,4 bilhões mais caro do que o estimado anteriormente, revelou um relatório do Escritório de Responsabilidade do Governo (GAO, na sigla em inglês) americano.

John Kirby, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA - Sputnik Brasil
EUA reconhecem existência de problemas na fronteira entre Turquia e Síria
A Administração Nacional de Segurança Nuclear (NNSA, na sigla em inglês) declarou que o custo precisa ser abordado como parte da programação do ano fiscal de 2017, segundo apontou o GAO.

“O ‘Plano de Administração do Ano Fiscal de 2016’ inclui estimativas para (o período de) 2021 até 2025 que são US$ 4,4 bilhões mais caras do que o mesmo período… para níveis de financiamento que foram incluídos em um relatório conjunto do Departamento de Defesa e do Departamento de Energia”, diz o relatório, divulgado nesta sexta-feira.

Estimativas orçamentárias para proteger os arsenais nucleares americanos pelos próximos 25 anos aumentaram em 13,2% em relação aos valores nominais do ano fiscal de 2015, observou o relatório.

O ano fiscal de 2016 da NNSA estima que esforços relacionados à modernização do arsenal nuclear dos EUA chegam a US$ 297,6 bilhões pelos próximos 25 anos, diz também o relatório.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала