EUA não admitem papel da Europa na luta contra Daesh

Nos siga noTelegram
Segundo os dados de uma pesquisa da opinião pública realizada por Sputnik-Opinião (Sputnik.Polls) 80% dos Americanos opinam que os EUA são a força principal na luta contra o grupo terrorista Daesh na Síria.

O grupo Daesh é proibido na Rússia e reconhecido pelo Brasil como uma organização terrorista.

O número de respondentes que reconheceram o papel da Europa, foi de apenas 8% na Alemanha, 25%, 29% e 36% na Rússia, Reino Unido e França, respetivamente. Uma pesquisa nos Estados Unidos foi conduzido pela empresa de pesquisa Agência de Informação Populus por solicitação da agência de informação e emissora Sputnik.

Syrian pro-government forces advance on a road through the town of Khanasser, which is the sole link between government-held areas in and around Aleppo and those in the rest of the country, after they reportedly recaptured it from Islamic State (IS) group fighters, on February 29, 2016. - Sputnik Brasil
Forças sírias retomam controle de mais uma rota de abastecimento do Daesh
Na Alemanha, a pergunta "Quem desempenha o papel determinante na luta contra tais grupos terroristas, como o Daesh e Frente al-Nusra na Síria?", na Rússia e nos Estados Unidos foi registrado o mesmo número de votos: 36% e 38%, respetivamente. O terço lugar na lista é ocupada pela França com 25% de votos. Quase uma quarta parte dos entrevistados (24%) nomearam as forças do governo de Bashar Assad e os curdos como aqueles que lutam contra o terrorismo.

Os franceses consideraram os EUA (32%), a França (29%) e a Rússia (23%) como os três países que desempenham o papel mais importante. Apenas 2% dos cidadãos da França acreditam que a Turquia desempenha um papel significativo na luta. Os residentes do Reino Unido que participaram na pesquisa respondendo à mesma pergunta destacaram os EUA (59%), o Reino Unido (52%), a França (39%) e a Rússia (37%).

Posição do Daesh após ataque aéreo da coalizão internacional - Sputnik Brasil
Coalizão dos EUA volta a atacar o Daesh na Síria e no Iraque
A pesquisa nos Estados Unidos e no Reino Unido foi realizado pela empresa de pesquisa Populus entre 3 e 4 de fevereiro de 2016. Na Alemanha, a pesquisa foi conduzida pela empresa Forsa entre 4 e 8 de fevereiro de 2016, na França entre 3 e 5 fevereiro de 2016, pela iFop, a empresa de pesquisas de opinião pública mais antiga. A pesquisa contou com participação de 1.047 pessoas no Reino Unido, 1.004 nos EUA, 1.002 na Alemanha e 1.499 na França.

De acordo com os dados de fevereiro do ano corrente dos Ministérios da Defesa dos EUA, Rússia, França, e Reino Unido, a Rússia realizou 7.725 ataques aéreos contra juhadistas do grupo Daesh, os EUA realizaram 3.267 ataques aéreos, também chamadas de 'sorties' na gíria militar, o Reino Unido, 33 e a França, 5.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала