General americano: Força Aérea dos EUA fica atrás da aviação da Rússia e China

Nos siga noTelegram
A Força Aeroespacial russa e Força Aérea chinesa são concorrentes potenciais muito perigosos dos EUA. É preciso considera-los de foram séria, afirmou o chefe do Estado da Força Aérea norte-americana, general Mark Welsh.

“Nós não estamos seguindo ao desenvolvimento tecnológico deste tipo. <…> Teremos as melhores tecnologias militares se conseguirmos continuar a realização de três maiores programas de modernização”, disse Welsh na reunião do subcomitê da Defesa da Câmara dos Representantes dos EUA.

Caça russo Su-30SM - Sputnik Brasil
Rússia substituirá todos Su-24 para novos caças Su-30SM na frota do mar Negro até 2020
Os três programas de modernização incluem projetos de empresas Boeing, Lockheed Martin e Northrop Grumman. São o avião de transporte estratégico KC-46, o bombardeiro de quinta geração F-35 e o bombardeiro estratégico B-21, disse a revista The National Interest.

O general sublinhou que o Exército de Liberação Popular da China já supera o Exército norte-americano em termos de efetivos.

Segundo Welsh, agora os EUA possuem 2 mil aviões mais que a China mas até 2030 a Força Aérea chinesa conseguirá reduzir a diferença se continuar montar veículos aéreos de tempos acelerados.

Jatos Su-24 e Su-34 partem para missão na Síria - Sputnik Brasil
Aviões russos decolam para atacar posições terroristas na Síria
The National Interest destaca que o assunto principal não é o número de aviões, mas a sua qualidade. A Força Aérea chinesa obtém novos caças de tipo Chengdu J-20 e Shenyang J-31. Além disso, Pequim importa novos caças russos Su-35.

“A China terá muitas tecnologias que superam o que tivemos antes. E os russos seguem o mesmo caminho”, considera Welsh.

O general atraiu a atenção ao fato de que a Rússia moderniza mais as suas forças estratégicas.

A Força Aeroespacial russa mostra meios que não tinha mostrado antes, afirmou o general, mísseis de cruzeiro, novos aviões que pela primeira vez lançam bombas em condições de combate.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала