Obama prorroga sanções contra a Rússia

© Sputnik / Sergey Guneev / Abrir o banco de imagensPresidente dos EUA Barack Obama
Presidente dos EUA Barack Obama - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, decidiu prorrogar as sanções adotadas há dois anos contra a Rússia por conta do suposto envolvimento de Moscou na crise ucraniana, segundo afirmou o serviço de imprensa da Casa Branca nesta quarta-feira.
Retrato do presidente Vladimir Putin pintado sobre um muro em Yalta, na Crimeia - Sputnik Brasil
EUA não cessarão de pressionar Rússia para devolver Crimeia à Ucrânia
De acordo com o decreto assinado por Obama, as medidas antirrussas devem seguir em vigor depois do 6 de março, pois a Rússia segue representando uma "ameaça extrema à segurança nacional e à política internacional dos EUA". 

Em março de 2014, logo após o golpe de Estado apoiado pelo Ocidente na Ucrânia e a reintegração da península da Crimeia à Federação Russa, por decisão da população local, Washington decidiu adotar um pacote de sanções contra Moscou, acusando a Rússia de estar interferindo diretamente em assuntos internos do país vizinho. Em resposta, o Kremlin também resolveu adotar medidas econômicas contra os EUA, e, desde então, as relações entre os dois países têm sido marcadas por constantes atritos e ameaças.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала