Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

‘Rússia aproveitou iniciativa dos EUA na Síria’

Nos siga no
Um especialista japonês partilhou a sua opinião sobre a situação atual no Oriente Médio e o papel da Rússia na luta contra o terrorismo.

Esta informação foi divulgada pelo site analítico What They Say About USA.

Em 1 de fevereiro, Masayuki Yamauchi, um professor da Universidade de Meiji, concedeu uma entrevista à revista Sankei Shimbun, após visitar os Emirados Árabes Unidos e o Irã logo após a ruptura das relações diplomáticas entre os dois países. 

Mercenários contratados por uma empresa de segurança privada posam no telhado de uma casa em Bagdá, em setembro de 2007 - Sputnik Brasil
Mercenários de guerra: relatório aponta empresas que lucram bilhões em países em conflito
Comentando a execução de um líder xiita na Arábia Saudita e o rompimento das relações diplomáticas com o Irã, o professor Yamauchi opinou: 

"Em primeiro lugar, a Arábia Saudita resiste à convergência dos países ocidentais com o Irã após a assinatura do acordo nuclear. Em segundo lugar, [o país] não quer que o Irã participe das negociações de paz na Síria. […] A Arábia Saudita, um país sunita, está agindo emocionalmente em sua oposição aos xiitas. Por sua vez, o Irã responde de forma estratégica. Como resultado, a diferença de poder é óbvio".

Segundo o professor, que é especialista em história do Islã e em relações internacionais, é pouco provável que a oposição chegue a um compromisso se o presidente sírio, Bashar Assad, não se demitir.

"Após a Rússia ter começado as ações militares na Síria, a administração de Assad teria que enfrentar a realidade. Agora não há razões para a Rússia procurar um compromisso. A Rússia aproveitou a iniciativa dos EUA na Síria," disse.

Especialistas comentam pausa inicial e futuro das negociações em Genebra - Sputnik Brasil
A paz não está perdida: especialistas russos comentam negociações sírias (VÍDEO)
Segundo o especialista, na situação atual, a cooperação na luta contra o grupo terrorista Daesh coloca a Rússia em uma posição favorável.

O professor alertou, a este respeito, para a possibilidade de o grupo terrorista poder aumentar a sua influência aproveitando o enfraquecimento da Arábia Saudita.

Além disso, sublinhou, o Irã tem planos de aumentar a produção de petróleo para minar a situação econômica da Arábia Saudita, que já está se deteriorando por razão da queda dos preços de petróleo.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала