União Europeia pode discutir suspensão das sanções contra Rússia em junho

© Sputnik / Vladimir Sergeyev / Abrir o banco de imagensBandeiras da Rússia e União Europeia
Bandeiras da Rússia e União Europeia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Itália, Paolo Gentiloni, declarou que a União Europeia pode discutir a suspensão da sanções contra a Rússia em junho se os acordos de Minsk sobre a a resolução do conflito da Ucrânia forem implementados.

"Em junho vamos avaliar a implementação dos acordos de Minsk. Se o estado de implementação for satisfatório, então nós estaremos contentes de suspender as sanções, ou pelo menos reduzi-las", disse Gentiloni à imprensa italiana.

Dólares norte-americanos - Sputnik Brasil
Forbes: investidores ocidentais estão ansiosos pelo levantamento das sanções contra Rússia
Ele acrescentou que a avaliação sobre a implementação dos acordos de Minsk é prematura até o momento. 

Em 2014, as relações entre a Rússia e o Ocidente deterioram-se por conta da reintegração da Crimeia à Rússia e o suposto envolvimento de Moscou na escalada da crise no sudeste ucraniano, o que Moscou negou repetidas vezes. A União Europeia, junto com os EUA e outros países, impôs severas rodadas de sanções contra os setores de energia, bancário e defesa da Rússia. 

Regiões do leste ucraniano vêm sofrente uma grave crise humanitária, causada pela operação militar que Kiev lançou em abril de 2014 contra forças locais. Estas se recusaram a reconhecer o novo governo de Kiev que chegou ao poder em 2014 após um golpe de Estado. Em fevereiro de 2015, os líderes da Ucrânia, Rússia, Alemanha e França se reuniram na capital da Bielorrússia, Minsk, para buscar uma solução para a crise ucraniana. O acordo alcançado prevê um cessar-fogo, a retirada de armas da linha de contato no leste ucraniano e reformas constitucionais. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала