Exército da Ucrânia ‘perde’ 300 veículos militares dentro de armazéns

© AFP 2022 / ALEXANDER KHUDOTEPLYSoldados ucranianos sobre o veículo blindado no Leste da Ucrânia
Soldados ucranianos sobre o veículo blindado no Leste da Ucrânia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo o enviado russo na Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), Aleksandr Lukashevich, nos últimos 2 meses cerca de 300 veículos militares “desapareceram” dos armazéns do Exército ucraniano.

Exposição militar na Ucrânia - Sputnik Brasil
EUA forneceram treinamento e equipamentos militares à Ucrânia no valor de $266 milhões
Entre 29 de novembro de 2015 e 24 de janeiro de 2016 o Exército ucraniano perdeu 300 unidades de equipamentos militares pesados, inclusive peças de artilharia, disse Lukashevich.

A última vez que Kiev prestou a lista de equipamentos militares pesados que ficam nos armazéns foi em 29 de novembro. Desde aquela época, algumas centenas de veículos militares “desapareceram” dos armazéns.

“O número de equipamentos militares pesados que faltam aos armazéns do Exército ucraniano aumentou [entre 25 de dezembro de 2015 e 24 de janeiro de 2016, as Forças Armadas perderam 180 unidades do equipamento militar]. À lista renovada, que foi prestada por Kiev em 13 de janeiro, faltam 300 unidades de equipamento militar em comparação com o que disseram pela última vez em 29 de novembro de 2015”, disse o enviado russo durante uma conferência da OSCE.

OSCE na Ucrânia - Sputnik Brasil
OSCE anuncia expansão da missão no Leste da Ucrânia
O Exército ucraniano caracteriza-se pela falta de disciplina e má gestão. Equipamento desaparece, soldados desertam e veículos militares têm grandes defeitos.

Por exemplo, no Verão do ano passado, o jornal ucraniano Zerkalo Nedeli informou que somente um terço de veículos blindados que o Exército recebeu em 2014 e 2015 foram em serviço devido ao fato de que foram manufaturados de forma extremamente ruim. Na primavera de 2015, o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, disse que cerca de 30% dos soldados ucranianos desertaram em 2014 deixando as suas posições.

A Missão Especial de Monitoramento foi instalada no Leste da Ucrânia para que seja observada a implementação de acordos de paz atingidos pelas partes na capital bielorrussa de Minsk com a mediação da Rússia, França e Alemanha em setembro de 2014 e em fevereiro de 2015.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала