Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Ministério da Saúde: Zika não apresenta ameaça à Rússia

© Sputnik / Mikhail Klementiev / Abrir o banco de imagensA reui'ao de trabalho do presidente russo, Vladimir Putin, e a ministra da Saude da Rússia, Veronika Skortsova. Foto de arquivo, 14 de abril, 2015
A reui'ao de trabalho do presidente russo, Vladimir Putin, e a ministra da Saude da Rússia, Veronika Skortsova. Foto de arquivo, 14 de abril, 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga no
A ministra da Saúde russa, Veronika Skvortsova, declarou que a epidemia de zika vírus não apresenta ameaça à Rússia.

Além disso, será reforçado o controle de todos os voos dos 27 países onde o vírus foi registrado, informou a ministra.

Ainda de acordo com Skvortsova, para garantir a plena segurança russa do vírus, transmitido por mosquitos Aedes Aegypti, o Instituto da Virologia do ministério está elaborando a vacina.

“Nós sabemos que esta epidemia não nos ameaça”, disse Veronika Skvortsova.

A ministra explicou a sua certeza pelo fato que doenças do grupo das febres hemorrágicas não se encontram na Rússia e só podem ser transferidas de outros países.

Então para prevenir isso, é preciso “tomar controle sobre todos os voos dos 27 países nos quais o problema realmente existe”, sublinhou a ministra.

Vladimir Putin - Sputnik Brasil
Putin exige que Ministério da Saúde elabore remédio contra zika vírus
Cabe mencionar que na terça-feira (27) o presidente russo Vladimir Putin pediu o Ministério da Saúde da Rússia para iniciar os trabalhos de elaborar remédios contra o zika vírus, além de fazer tudo o controle necessário para prevenir a propagação da doença.

O zika (ou zica) é uma doença viral, que persiste em geral por 7 dias, nos quais caracteriza-se pela febre, dores musculares, manchas vermelhas no corpo, inchaço nas extremidades e dor atrás dos olhos, que também podem ficar vermelhos. A transmissão se dá por meio da picada do mosquito Aedes Aegypti, o mesmo da dengue, e há um período de incubação de cerca de quatro dias.

© Rafael Neddermeyer/ Fotos PúblicasMosquito Aedes Aegypti
Mosquito Aedes Aegypti - Sputnik Brasil
Mosquito Aedes Aegypti
Não não há vacinas contra o vírus e as medidas de prevenção são semelhantes às da dengue e da chikungunya. O vírus da zika é considerado o culpado pela microcefalia congênita.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала