Embaixador: sanções contra Rússia prejudicam empresas nos EUA

© AP Photo / Susan WalshJohn Tefft, embaixador dos EUA em Moscou
John Tefft, embaixador dos EUA em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As sanções ocidentais, introduzidas inclusive pelos Estados Unidos, causaram dano a várias empresas estadunidenses, declarou o embaixador norte-americano na Rússia, John Tefft.

A respectiva declaração foi feita pelo diplomata na coletiva para imprensa nesta quinta-feira (28).

"Estou convicto de que existem certas empresas da área das importações para as quais isso [a introdução das sanções contra a Rússia] foi doentio", disse.

O diplomata também notou que ainda não existe o entendimento na questão de uma possível reunião entre presidentes russo e norte-americano, Vladimir Putin e Barack Obama, respetivamente. A realização da reunião depende do desenvolvimento das relações em relação às divergências existentes atualmente.

Bandeira da Finlândia - Sputnik Brasil
Sanções contra a Rússia provocam crise econômica na Finlândia
A União Europeia, os EUA e alguns aliados aplicaram sanções contra a Rússia alegando a ingerência de Moscou nos assuntos internos da Ucrânia, por causa da crise em Donbass (Leste da Ucrânia). O Kremlin nega veementemente qualquer participação no conflito ucraniano e tomou medidas restritivas de resposta.

Moscou respondeu às sanções antirrussas com medidas simétricas e ditou uma série de restrições à importação de produtos alimentares dos países que introduziram as sanções.

As sanções ocidentais introduzidas em março de 2014 foram prorrogadas em junho de 2015 e a Rússia também prolongou o seu embargo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала