Chomsky: EUA são aliados do 'assassino' Erdogan e suas políticas repressivas contra curdos

© AP Photo / Anja NiedringhausNoam Chomsky
Noam Chomsky - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O célebre intelectual norte-americano, Noam Chomsky, conhecido por suas duras críticas à política externa dos EUA, declarou que a Turquia e os Estados Unidos não poderiam proteger os curdos e os yazidis enquanto atacam os grupos da guerrilha turca na Síria.

O célebre intelectual norte-americano, Noam Chomsky, conhecido por suas duras críticas à política externa dos EUA, declarou que a Turquia e os Estados Unidos não poderiam proteger os curdos e os yazidis enquanto atacam os grupos da guerrilha turca na Síria. 

“O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, é um assassino e reconstituiu as políticas repressivas contra a população curda na Turquia que foram implementadas durante os anos 90 pelo Estado turco, matando milhares de pessoas” disse Chomsky durante uma entrevista ao programa ‘Up Front’ do canal Al Jazeera. 

Segundo ele, Erdogan está sem dúvida realizando ações repressivas viciosas atacando a população curda. “Vocês podem chamar ele do que quiserem… eu o chamo de assassino”, frisou o escritor.   

Um cartaz com uma imagem do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, apresentado em Istambul, Turquia - Sputnik Brasil
Curdos protestam em Genebra contra ações da Turquia
Ao responder sobre como responder às ameaças do grupo terrorista Daesh (Estado Islâimco), Chomsky afirmou que as forças curdas na Turquia e na Síria deveriam ser apoiadas, mas que também se encontram na lista de grupos terroristas de Washington. 

“Os Estados Unidos não poderiam tentar salvar os yazidis e os curdos, ao mesmo tempo que apoiam a opressão turca contra o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que tem sido a principal força na luta contra o grupo Estado Islâmico”, disse ele. 

"Se estamos interessados em atacar o grupo Estado Islâmico, salvar os yazidis e salvar os curdos, nós não podemos dizer que vamos atacar o PKK", acrescenta o especialista.

“Se formos elencar os males, os Estados Unidos e a Grã-Bretanha estão à frente de qualquer um outro(…) Se quiser defender os curdos, você não pode atacar os curdos”, destaca Chomsky. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала