Jornalista foi atacado em campo de refugiados na França

© AP Photo / Michel SpinglerPoliciais patrulham a área perto do campo de refugiados em Calais, norte da França, 21 de janeiro de 2016
Policiais patrulham a área perto do campo de refugiados em Calais, norte da França, 21 de janeiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um repórter do canal televisivo RT foi atacado por um grupo de adolescentes no campo de refugiados em Calais, França.

O repórter do RT, Rob Edwards, conseguiu libertar-se dos adolescentes, que o encostaram à parede e ameaçaram com uma faca.

Polícia usa canhão d'água durante protesto contra imigração em Colônia, Alemanha - Sputnik Brasil
Refugiados afegãos são atacados por neonazista em pista de esqui da Alemanha
Edwards estava realizando uma reportagem para o canal RT UK e chegou ao campo de refugiados em Calais na sexta-feira (22) de manhã. Ele estava fazendo uma reportagem sobre crianças refugiadas que alegadamente haviam sido maltratadas pela polícia no campo, quando o incidente teve lugar.

O jornalista conseguiu escapar e encontrar abrigo perto da entrada de campo, informou o canal. Não havia nenhum policial para ajudá-lo no momento de incidente.

"Os jovens da #CalaisJungle foram abandonados, os direitos humanos são violados. Não estou surpreendido que estes ataques aconteçam em tal situação de desespero", escreveu o jornalista na sua página no Twitter.

Nos arredores de Calais ao ar livre vivem cerca 6 mil migrantes durante meses, à espera de atravessarem o Eurotúnel do Canal da Mancha e pedir asilo no Reino Unido. Pelo menos 16 migrantes já foram mortos desde junho de 2015 na tentativa de atravessar o túnel.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала